domingo, 29 de março de 2015

Sorrisos

Sorrisos fartos

Só risos ao me lembrar de você

Cochichando em meu ouvido

Ouvindo meus planos e sonhos

Ou vindo em minha direção a me abraçar

Quem diz que serei infeliz mente, mentem.

Você me tem todos os dias, sorrindo

E a cada dia de uma forma diferente

Quantos serão influenciados por este verso?

Agora todos podem saber de nossos momentos (risos)

Das nossas cumplicidades

E com um pouco de imaginação

Viver nossas alegrias.

Você sorriu, eu vi, sempre vejo, vem

Faz de mim sorrisos, só.





Pedro Bragança

Nenhum comentário:

Postar um comentário